sábado, 7 de março de 2009

Um pequeno poema pra não passar em branco, mas continua pouco!




DIA INTERNACIONAL DA MULHER

MULHER: PRIMEIRA LIÇÃO DE POESIA
DE QUEM QUER SE CONSAGRAR UM DIA
COMO FILHO, NAMORADO OU VERSEJADOR.
ELA É MUSA QUAL O INDEFINÍVEL AMOR.
DEIXA CONFUSA A CABEÇA MASCULINA
COMO FÊMEA AO NÃO DOBRAR A ESQUINA.
ALMA GÊMEA POR TODA UMA VIDA,
PÉROLA RARA, DO VENTRE DIVINAL RECOLHIDA.
PRIMEIRO AMOR QUE AOS OLHOS NOS SALTA,
É SUBLIME ESPETÁCULO NA NOSSA RIBALTA,
É O TIME DE TORCIDA INCONDICIONAL,
É A BENDITA ETERNA ESMAGADORA DO MAL.
EXALTAR ESTE SER APENAS NUMA DATA MERA
É NÃO TER O DIREITO DE TODA A PRIMAVERA,
MAS SE EXISTE UMA SEMANA INTERNACIONAL
LISTE OITO DE MARÇO, SEU DIA SIMBÓLICO.
UMA FLÔR OU UM BEIJO OU UM SORRISO É O TAL
DO PREÇO ACEITO E PRA ELAS MAIS LÓGICO
PRA SE TER UMA DELAS AQUI NESTA TERRA.
SÓ O INFINITO COM ELAS SE ENCERRA,
MAS DIGAMOS BEM FORTE A DEUS NESTE DIA: VALEU!

2 comentários:

Edilvo Mota disse...

Valeu... Aristeu!

Ponto de Vista disse...

Aristeu,
Somente você poderia nos brindar e principalmente à Mulher com tão bela e perfeita poesia. Pura, filosófica em expressão.
Valeu amigão.
Nossos respeitos à sua Musa.
Peron Erbetta

Postar um comentário